Entrevista para TV Alerj, que vai ao ar amanhã, sobre os avanços da robótica e inteligência artificial nos postos de trabalho.

Com o avanço tecnológico na área da robótica e da inteligência artificial as máquinas vêm ganhando cada vez mais espaço no mundo. Em um futuro próximo, diversos postos de trabalho serão substituídos por sistemas automatizados, com maior agilidade, produtividade e precisão. No Rio em Foco desta segunda (27/11) o diretor do Instituto de Estudos Sociais e Políticas da Uerj e conselheiro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, Adalberto Moreira Cardoso, e o advogado e coordenador da área de direito e tecnologia do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio (ITS), Eduardo Magrani, falam sobre os impactos desses avanços na economia, na substituição de empregos e no surgimento de outros novos, e como podemos nos preparar para essa revolução de forma equilibrada.

“Todas as revoluções tecnológicas até hoje tiveram como efeito inicial um momento grande das desigualdades. Boa parte dessas novas tecnologias vão transformar determinadas atividades humanas que são importantes, por exemplo, para a sobrevivência da espécie”, afirma Adalberto, ao explicar que funções repetitivas e maquinais serão substituídas por robôs.

Segundo Eduardo, “É importante chamar atenção para a questão ética envolvida com essa inovação. Para além da comodidade, é preciso ter uma visão melhor sobre esse mundo de dados que nos cerca, e o valor desses dados no mundo ”.  Ele ainda explica que o Brasil não possui uma lei geral de proteção da privacidade.

“A tecnologia tem benefícios e riscos. Com relação aos benefícios, eles são mais notórios, benefícios econômicos, benefícios de eficiência e comodidade para o consumidor. O que ainda não está claro são os riscos atrelados a essas novas tecnologias, então é importante que o cidadão perceba esses riscos e saibam lidar com eles para se precaver”, conclui Adalberto.

O Rio em Foco tem reprises no sábado (02/12) às 17h, e no domingo (03/12) às 20h.

Acesse o vídeo na íntegra: https://www.youtube.com/watch?time_continue=1271&v=aPKpR_Pd3mg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *